quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Tijolinho do Jolugue: Aquele cientista político agora também é vidente.

Um amigo do Facebook fez alguns comentários sobre um ilustre cientista político do Estado. Informou que ele, em entrevista à Band, havia previsto que, caso o ex-governador Eduardo Campos estivesse vivo, teria derrotado Dilma Rousseff. O caboclo é um acadêmico sui-generes. Banqueiro, empresário, comentarista, marqueteiro e, de acordo com essa fonte, um dos homens mais ricos do Estado. Não nega a ninguém que arrasta uma azinha pelo tucanato, tendo realizado vários trabalhos para essas aves emplumadas, em diversos ninhos desse país afora. Pernambuco está se tornando um caso psicanalítico. Há aqui um grupo de adoradores do ex-governador que nos parecem ter perdido o senso do ridículo. É a segunda pessoa "VIP" que escuto dizer a mesma coisa aqui na província. Um deles falou a mesma coisa logo depois da entrevista do ex-governador ao Jornal Nacional. A última vez que encontrei esse cientista político ele estava mais vermelho do que um camarão vila franca, passeando pelos corredores do CFCH/UFPE. Logo percebi que ali não seria a sua praia. Como sugere o amigo do Facebook, talvez devêssemos acrescentar mais uma condição à sua eclética formação: a de vidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário