segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Jovem blogueiro é assassinado na cidade de Pilar, Paraíba.


É com profundo pesar que recebemos a notícia da morte do jovem Antonio Victor Lopes, de apenas 24 anos de idade, natural da cidade de Pilar, na Paraíba. Victor Lopes foi assassinado no último sábado, dia 24. O jovem era um blogueiro muito atuante na cidade e suas críticas atingiam a classe política local. Tivemos  a oportunidade de encontrar com ele, quando de nossa visita àquela cidade, em família, com o propósito de conhecer o Engenho Corredor, onde o escritor José Lins do Rego passou sua infância. Quando estou na Paraíba, quase sempre vou àquela cidade, para matar as saudades das cajazeiras em flor, na estrada de terra que dá acesso ao engenho. Numa fria manhã de um domingo de janeiro, isso não tem preço. 

O rapaz escrevia muito bem e ponto. É assombroso como essa questão de “campo’ – um conceito muito bem discutido pelo sociólogo francês Pierre Bourdieu – é determinante para “legitimar”, “descredenciar”  ou mesmo “consagrar” os indivíduos. Em todas as matérias que li sobre o assunto, os jornalistas seguem um rito, algo que parece combinado. Começam sempre com a frase: Embora não fosse jornalista...”, numa alusão que, deliberadamente, cumpre o papel de “exclusão” do jovem do “campo jornalístico”. Deixando claro que a solidariedade é humana, nunca profissional.
Não me digam o contrário, por favor. 

As denúncias publicadas por Victor em sua timiline do Facebook eram, de fato, muito ácidas, envolvendo casos de irregularidades administrativas, favorecimentos indevidos de parentes de políticos e coisas afins.  Vamos aguardar o resultado das investigações, mas parece não haver dúvida de que ele pode mesmo ter sido assassinado a mando de alguém insatisfeito com as suas denúncias. Seu celular acusa uma última ligação de uma pessoa convidando-o para um provável encontro amoroso, de onde a polícia concluiu sobre a possibilidade de um crime passional. É mais provável que fosse uma emboscada. 

Aqui em Pernambuco, precisamente na microrregião da Mata Sul, até recentemente, um blogueiro foi vítima de um atentado. Está tudo bem com ele, mas penso que o caso ainda não foi esclarecido. Há dois anos atrás, no Estado do Maranhão, assassinaram o blogueiro Décio Sá, também conhecido por suas denúncias contra políticos locais. Os executores do crime foram  presos e condenados, mas os mandantes continuam impunes e devem continuar assim pelo andar da carruagem política.



 

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário