domingo, 19 de março de 2017

Drops político para reflexão: Mais um ministro encrencado. A carne é fraca!



Como se não fosse suficiente os ministros de Estado listados na famosa Lista de Janot, agora surge um outro deles com o nome envolvido no escândalo denunciado pelo Operação Carne Fraca, realizada recentemente pela Polícia Federal. O curioso disso é que, como ministro da Justiça, ele é o chefe da própria Polícia Federal. Recentemente nomeado para aquela pasta, o Deputado Federal Osmar Serraglio(PMDB) está sendo acusado, quando ainda era deputado, de interceder junto a agentes públicos para limpar a barra de frigoríficos e abatedouros sob a fiscalização dos órgãos do Governo Federal. Sua relação é com um dos principais nomes envolvido, Daniel Gonçalves Filho - A PF o acusa de chefiar a organização criminosa - onde há indícios de que Serraglio intercedeu para mantê-lo no cargo, além da gravação de um áudio, onde ele pede a ajuda do amigo, também conhecido como "grande chefe", para evitar que um frigorifico do Paraná fosse autuado. Num país sério, ele perderia a condição de continuar como ministro da Justiça. Num país sério, foi o que eu disse.

José Luiz Gomes, cientista político, em editorial do blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário