terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Para quem tinha dúvidas sobre onde a direita quer chegar

publicado em 16 de fevereiro de 2014 às 0:13

da Redação
“Não custa lembrar que, no auge do mensalão, quando sentiu que seu mandato poderia estar em risco, o ex-presidente Lula ameaçou recorrer à força das ruas para se segurar no poder — e o MST era uma de suas escoras”, escreve a Veja na edição desta semana.
Fato. E é por isso que a direita avança no sentido de criminalizar os movimentos sociais, usando todo tipo de artimanha.
Depois do Psol, será a vez do calejado MST. As ruas, afinal, devem ficar livres apenas para a direita. Como ela reivindica para si, por exemplo, na Venezuela. Como aconteceu nos Estados Unidos, com a criminalização e a perseguição a integrantes do Occupy.
Abaixo, o discurso de João Pedro Stédile no VI Congresso do MST, em Brasília.
Nosso agradecimento à Conceição Oliveira, a Maria Frô.

(Publicado originalmente no Viomundo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário