sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Tijolaço do Jolugue: Assassinos de Décio já cumprem pena no Maranhão.



Apesar da condenação do assassino confesso e do condutor da moto que o conduziu, as motivações que levaram ao assassinato do jornalista e blogueiro Décio Sá continuam pouco esclarecidas. Há, pelo menos, duas dezenas de pessoas envolvidas com o crime, entre agiotas, policiais, empresários e políticos. Há quem aponta a necessidade de incluir mais pessoas nessa extensa lista. A "caixinha" para patrocinar a morte do jornalista chegou a R$ 100.000,00. Havia muito gente interessada em calar a voz do blogueiro que, com seus estilo inconfundível, revelava as mazelas da sociedade maranhense, não poupando sua elite política e empresarial. Suas últimas denúncias envolviam uns bondinhos da alegria envolvendo políticos daquele Estado que se dirigiam ao Piauí para promoveram orgias sexuais com garotas de programa, segundo dizem, até com menores de idade. Vamos continuar acompanhando o caso e informando aos leitores que ficaram inconformados com a morte de Décio, na realidade, um atentado à liberdade de expressão. Em parte a justiça está sendo feita. O assassino teve pena de 25 anos - que serão cumpridas em Pedrinhas - e o condutor da moto, 15 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário