quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Artigo: Rumores de sabres em Caruaru e Olinda?




A entrevista concedida pelo escritor Antonio Campos à imprensa, depois da ressaca eleitoral da cidade de Olinda, de acordo com os próprios jornalistas, foi bastante esclarecedora acerca dos bastidores de sua candidatura à Prefeitura daquela cidade. Conforme antecipávamos aqui pelo blog, mesmo antes do resultado das urnas, o PSB sairia definitivamente rachado do episódio. Depois da entrevista de Antonio Campos, então, todas as dúvidas foram dissipadas a este respeito. Pelo teor da entrevista, fica evidente que um conjunto de manobras foram engendradas no sentido de asfixiar sua candidatura desde o primeiro momento. Entre essas manobras, ele faz uma acusação grave às ações da Casa Militar do Campo das Princesas que teria, segundo ele, monitorado todos os movimentos de sua campanha. A Casa Militar, no dia de hoje, soltou uma notinha negando os fatos. 

Mas, como sempre costumo juntar uma coisa aqui e outra ali para tirar alguma conclusão, vem da Princesa do Agreste, também em relação às ultimas eleições municipais, uma outra denúncia do ex-governador João Lyra informando que a Polícia Militar do Estado teria cometido alguns "excessos de zelo" num momento específico da campanha, apresentando-se, ostensivamente, em frente ao comitê jurídico da campanha de Raquel Lyra(PSDB), de acordo com João Lyra, configurando-se uma tentativa de intimidação. Não deixa de ser curioso a presença de 05 viaturas da PM-PE, numa única rua, numa cidade que apresenta um dos maiores índices de violência no Estado. (...)

(Conteúdo exclusivo, liberado apenas para os assinantes do blog) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário